Marcenaria de Caçamba no Sitio Entoá

No mes de janeiro deste ano, a Marcenaria de Caçamba foi convocada a passar alguns dias no Sitio Entoá, dos amigos Cristiane e Gustavo, em Lapinha da Serra, distrito de Santana do Riacho - MG.

Sede bioconstruída do Sítio Entoá
Na oportunidade, fomos convidados a fazer melhoramentos nas futuras instalações do laboratório de Espagiria do Gustavo. A missão era fechar duas partes de tesouras do telhado com madeiras que o Gu previamente coletou em caçambas e obras de Belo Horizonte.
Vista parcial das futuras instalações do laboratório de Espagiria do Sitio Entoá
Como era mês de janeiro e me encontrava de férias, eu (Peter Pica Pau) não quis fazer muita coisa. Desta forma, convoquei meus amigos Gustavo Caruncho e Guilherme Cupim para fazer as atividades e, de quebra aprender um pouco mais a arte da marcenaria - era bem o que eles queriam.

Mãos á obra! A primeira etapa foi selecionar as madeiras. Precisávamos de quatro peças mais robustas para fazer a estrutura, quatro peças intermediarias (peças de laterais de armários embutidos) e, ripas, alisares e outras peças mais delgadas para fazer as partes da vedação. Foi um pouco custoso escolher as peças porque tinha muita madeira e muito prego nas peças. Por este motivo, ficamos quase uma manha inteira selecionando e preparando as madeiras.

O serviço foi rápido e fizemos tudo em dois dias. Basicamente tiramos as medidas das peças robustas e as travamos na estrutura do telhado. Posteriormente, fizemos três quadros com as peças intermediárias, serramos as ripas em tamanhos uniformes para compor a vedação da estrutura, furamos as extremidades das ripas pois muitas delas eram "rachadeiras" e, finalmente, pregamos o conjunto.

Instalação das peças robustas que viriam a receber as peças intermediárias
Furação das peças com furadeira elétrica
Fixação das ripas nas peças intermediárias

Ripas e já devidamente pregadas na estrutura da parede
Para pregar as ripas, usamos pregos 13x15. Para pregar as peças intermediárias nas peças robustas, usamos pregos 17x21 e para fixar as peças robustas na estrutura do telhado, usamos pregos 19x36, ambos com cabeça.

Como vocês podem observar, ficaram expostos três triângulos na parte superior da estrutura. Os mesmos não foram vedados porque o Gustavo ainda não estava certo se seriam feitas e instaladas janelas basculantes para circulação de ar ou se seria vedado com ripas semelhantes às que foram usadas na estrutura. De qualquer forma, ficou de para casa para o pessoal do Sitio Entoá ou para uma nova empreita da Marcenaria de Caçamba.



Conheça também...
CURSO ONLINE

permacultura_curso
Informamos que as inscrições para nosso curso online são liberadas apenas para os que se cadastram na nossa lista de e-mails e completam a semana inicial de estudos. Para participar, cadastre-se CLICANDO AQUI e acompanhe a semana de materiais gratuitos. No final, você receberá o convite para se matricular no nosso curso online.





Nenhum comentário :

Postar um comentário