Reboco para adobe



Sem muitas voltas ou revoltas, falaremos um pouquinho de como rebocamos as paredes da nossa casa, aqui em São Gonçalo. A parede de adobe é termoreguladora, bacana e quando usamos a técnica do reboco de terra crua, feito com materiais de fácil aquisição e abundantes no local, fica agradável aos olhos e resistente às intempéries do tempo.

Na oportunidade, tínhamos uma parede feita com blocos (0,22x0,15x0,14)m, que havia trincado bastante, porque nas masseiras que fizemos, colocamos pouca areia e, como muitos sabem, a argila contrai depois de seca, consequentemente ocorrem a abertura de  espaços e então surgem trincas.

Um detalhe que não caberia nesta postagem mas que teimosamente encaminhamos como informação, é sobre o uso de garrafas no interior dos blocos de adobe. Na permacultura, vemos tudo integrado e qualquer componente dos seus sistemas devem cumprir com no minimo duas funções trazendo vantagens  como:
  • Paredes mais leves
  • Retirada de lixo urbano e descanso para os aterros sanitários.
  • Redução de até 15% da masseira

Para o reboco, desembolamos uma receita que já foi utilizada em muitos dos nossos experimentos e que deram uma satisfatória resposta.

Massa de reboco:
- 1 bacia de terra vermelha (é bom já deixar misturada fermentando junto com o esterco),
- 2 bacias de areia comum,
- 1 bacia de esterco bovino fermentado por dez dias,
- suco de palma,
- grude de polvilho,
- cal ( traço 5%): é um bom revestimento para ajudar contra problemas de umidade.


Passo a passo



Peneirar a terra vermelha. Começamos também a usar uma terra preta que temos no nosso terreno, mais argilosa que essa vermelha que dá uma liga excelente e não racha. De toda forma, procure a terra mais argilosa que tiver no seu local e uma dica importante: deixe essa terra fermentar junto com a mistura de bosta de vaca e palma antes de usar a mistura.





Uma bacia cheia de esterco fresco fermentado por 10 dias.

No inicio é meio estranho e tem cheiro forte e você sabe que está pegando em bosta de vaca. Com o tempo você se acostuma e nem sente o odor... serviço devocional.

Misturar a terra com o esterco à areia.

Para fazer o grude de mandioca, adicione cerca de 250g de povilho de mandioca uma panela com água fria. Mexa até a mistura ficar viscosa e esbranquiçada.

É importante mexer constantemente porque do contrário o esquema não fica legal e começa a formar grumos (tipo bolinhos que ficam empapados).







Misturamos também à massa um balde de suco de palma fermentado em água por cinco dias.

A palma é um cactus muito comum nesta região e que funciona muito bem como impermeabilizante natural.

Alem de impermeabilizar, a baba de palma funciona bem como liga natural, fornecendo à parede uma melhor coesão das partes.









Daí é misturar tudo e mão na massa. Chama todo mundo e cai para dentro da parede!


Vai enchendo todas as gretas e... tchau barbeiro de chagas.

Depois é só pintar com tinta de terra!!





Abaixo, a parede sendo terminada pelo nosso querido voluntário. Grato Marcelo!




Conheça também...
CURSO ONLINE

permacultura_curso
Informamos que as inscrições para nosso curso online são liberadas apenas para os que se cadastram na nossa lista de e-mails e completam a semana inicial de estudos. Para participar, cadastre-se CLICANDO AQUI e acompanhe a semana de materiais gratuitos. No final, você receberá o convite para se matricular no nosso curso online.


Nenhum comentário :

Postar um comentário