Alguns modelos sob medida


Abaixo, alguns modelos que fizemos para atender a necessidades específicas de ambientes.


Um armário com madeiras totalmente recicladas das caçambas belohorizontinas. A outra pequena estante e a porta também foram instaladas e resgatadas por nós.




Este aparelho foi criado a pedido de um psicólogo da linha da bioenergética para a realização de exercícios de desbloqueio e alinhamento do corpo. Também com madeira reciclada e reaproveitada.





Este móvel foi feito para a porta de entrada de um sítio. A ideia é servir de porta guarda-chuvas, capas, botinas e sapatos, para que ninguém entre na casa com roupas molhadas e sujas.




Este é um outro modelo de banco, rápido e prático, também feito sob encomenda. Gostaríamos de salientar que as madeiras recicladas de caçambas e bota-foras precisam estar em bom estado de conservação e passar pelo nosso controle de qualidade antes de virarem novos móveis. 




Estante com madeira reciclada de móveis velhos








Aquecedor solar de baixo custo








Mini-cadeira e mesa:







Estantes de papelão:











Compensados, forros e varandas com banners e embalagens tetrapak

Desde que montamos um banheiro cujas paredes foram estruturadas com caixas de leite há cerca de 2 anos, descobrimos ser este um excelente material para fazer forros e divisórias. A parte em alumínio ajuda a refletir os raios solares, favorecendo a temperatura ambiente em casas que costumam esquentar demais.



Acima, o esqueleto estrutural do banheiro. Apesar de ser todo em caixas de leite, ele tem resistido às chuvas, há 2 anos.



 Detalhe da estrutura do telhado.

Detalhe do alicerce em superadobe.




Outra opção interessante é reutilizar banners (incluindo os de propaganda de candidatos políticos) para compor telhados de varanda e coberturas ao ar livre. Na foto acima, a varadinha de banner do bangalô, também todo construído por nós.







Conheça também...
CURSO ONLINE

permacultura_curso
Informamos que as inscrições para nosso curso online são liberadas apenas para os que se cadastram na nossa lista de e-mails e completam a semana inicial de estudos. Para participar, cadastre-se CLICANDO AQUI e acompanhe a semana de materiais gratuitos. No final, você receberá o convite para se matricular no nosso curso online.


2 comentários :

  1. Estive no mes passado na Amazonia peruana e fiquei um tanto chocado com a quantidade de lixo jogado nos rios próximos as grandes cidades. Com todas as garrafas pet e as caixas de leite jogadas nas águas (nota: a maior parte desses dejetos vai com a correnteza para o Barsil) seria possível construir tanta coisa.
    Parabéns pelo seu site. É com ideias criativas como as suas e a divulgacâo delas que podemos mudar o desperdício irracional de tantos recursos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rainer!

      Realmente há muito lixo espalhado pelo mundo. Da outra ponta da cadeia produtiva, temos como meta aprender cada vez mais sobre autoconstrução e, em um futuro próximo, todo este resíduo sera fonte de matéria prima para os nossos experimentos.

      Um mundo melhor é possível e, com a divulgação destas técnicas e tecnologias (que na sua grande maioria são de domínio publico), chegaremos lá.

      Gratidão pelo comentário, sinta-se acolhido e à vontade para dar mais idéias.

      Um grande abraço, marceneiros de caçamba

      Excluir